Em alta

lançar um produto digital

Planejamento: Como Lançar um Produto Digital

Já falei aqui no blog sobre as parcerias dentro do marketing digital que faço para lançar um produto digital e gerar vendas online.

Estou prestes a iniciar uma nova parceria, e estava fazendo um rascunho da estratégia que iremos utilizar para lançar este novo produto digital, quando decidi compartilhar tudo com vocês.

Espero que com isso seja possível elucidar muitas pessoas que estão começando no marketing digital e pretendem lançar um produto digital nos próximos meses.

Vale ressaltar que esta é apenas uma estratégia entre zilhões…

Não existe ciência exata no marketing digital, até porque as coisas mudam e se atualizam muito rápido neste meio.

Porém, de acordo com meus estudos, experiências e situação atual do projeto em que serei parceira, acredito que este será o planejamento mais eficaz neste momento.

Você pode usar estas dicas de inspiração para o seu projeto quando for lançar um produto digital!

Bom, vamos ao que interessa…

Plano de marketing digital

Sobre minha nova parceria

Primeiro, irei situar você para que entenda a atual situação do projeto em questão, já que sua estratégia pode variar de acordo com o tipo de produto ou serviço que você irá lançar, tamanho do público atual (redes sociais, lista de e-mail, etc), localização do público-alvo, nicho, entre outros fatores a se considerar.

Parceria no marketing digital

  • Minha nova parceira já possui um canal no Youtube com mais de 70.000 inscritos, com pessoas altamente interessadas em seu nicho;
  • Possui uma fanpage com mais de 50.000 curtidas, com público relevante e de qualidade (interessados no nicho);
  • Um site com mais de 5.000 visitantes únicos diários;
  • Lista de e-mail com 6.000 leads.

Como podem notar, é uma excelente oportunidade de parceria para lançar um produto digital com uma pessoa que já é uma autoridade no nicho e já possui um público de qualidade grande formado em suas redes sociais.

No caso, eu entrarei com meus conhecimentos em marketing digital, e ela entrará com a expertise no assunto, produção de conteúdo relevante e com todo este público pronto para consumir novos conteúdos que teremos a oferecer.

Nossos ganhos e gastos com a parceria são sempre divididos 50% para cada, de forma justa e igualitária.

Etapa de preparação para lançar um produto digital

Pesquisa: o que seu público deseja?

Para que um lançamento seja um sucesso, você precisa primeiro saber O QUE este público está buscando consumir.

Quais são seus maiores problemas? Seus Medos? Suas dores?

De nada irá adiantar você criar uma estratégia de lançamento de produto digital fenomenal, para depois não vender porque ninguém estava REALMENTE precisando disso.

As pessoas buscam o tempo todo soluções para seus problemas, e quando a encontram, dificilmente irão ignora-la.

Ninguém quer ter problemas não-solucionados.

Ninguém quer sofrer sem fim.

A partir do momento em que encontram a REAL solução para estas dores, a tendência é que tomem uma ação para solucionar de imediato.

Portanto, você pode ter tido uma ideia incrível de criar um curso online para pessoas que querem aprender sobre motos, mas sua ideia poderá fracassar se depois de todo o trabalho para consolidar o lançamento do produto digital você não vender nada pelo simples fato de que seu público não quer saber sobre motos, mas sim sobre motos Harley Davidson.

Se você soubesse disso antes, poderia ter criado um curso online exclusivamente sobre motos Harley Davidson, oferecendo uma solução para algo que seu público realmente estivesse precisando e almejando.

Seria muito mais fácil para você fazer vendas, percebe?

Este é apenas um exemplo.

Você pode ter um nicho bem específico para seu projeto, e mesmo assim haver várias opções de cursos e conteúdos para produzir.

Porém, dentre estas várias opções, há uma ou duas que o seu público realmente está precisando, e é nelas que você deve focar.

Trata-se de criar e oferecer uma solução para algo que está incomodando estas pessoas.

Bom, para saber o que seu público realmente está querendo consumir, nada como a boa e velha pesquisa!

pesquisa de mercado digital

Eu utilizo a ferramenta TypeForm para criar pesquisas online de forma 100% gratuita, e tenho acesso aos relatórios com gráficos e visualização de respostas de todas as pessoas que responderam.

Foi a melhor plataforma totalmente gratuita que encontrei e que oferece ferramentas bem úteis com número de respostas ilimitado.

Funciona muito bem para mim quando preciso lançar um produto digital.

Eu crio o questionário misturando perguntas qualitativas (respostas por escrito) e quantitativas (respostas com múltipla escolha), e após alguns dias analiso os resultados.

Neste questionário, além das questões pessoais como faixa etária, gênero, grau de formação, é importante fazer perguntas que te ajudem a conhecer as maiores dores destas pessoas em relação a seu nicho de atuação.

Você também pode perguntar diretamente quais são os temas de maior interesse dela dentro do seu nicho, para assim poder definir o seu produto ou serviço a ser oferecido com o info produto.

Já sabendo do que será o curso online que iremos produzir, mesmo que ainda não tenhamos absolutamente nada feito (gravação, edição, nome do produto, etc), podemos seguir para a próxima etapa.

 

Objetivo

Nosso objetivo na fase inicial anterior ao lançamento do produto digital será de capturar o maior número de leads QUALIFICADOS possível.

Nós apenas vamos querer capturar e-mails de pessoas que realmente tenham interesse no assunto do curso que iremos lançar.

Ou seja, qualquer e-mail que não se qualifique neste quesito possui ZERO relevância para nossa estratégia, no sentido de que esta pessoa com certeza não irá consumir nosso produto, já que não tem interesse no assunto.

Como lançar um produto digital

Quando trabalhamos com e-mail marketing e ferramentas de auto responder, é importante ter isso em mente.

Nós pagamos a ferramenta por quantidade de leads em nossas listas, portanto para não ficarmos no prejuízo temos que focar em capturar leads de extrema relevância para monetizarmos da melhor forma possível.

Assim, temos nosso objetivo principal bem definido.

Quando mais leads com pessoas realmente interessadas no curso conseguirmos capturar, mais rentável será o lançamento mais à frente.

 

Criação de página de captura

criação de página de captura

Agora você deverá começar a pensar em como será sua página de captura, a mais importante nesta primeira etapa.

Eu utilizo a ferramenta do Leadlovers para criar páginas diversas, pois também uso esta plataforma para criar e-mails com auto responder (envio automático com posts programados para enviar em determinados períodos para quem for se cadastrando em sua lista), além dela também permitir que eu crie áreas de membros para ilimitados info produtos, automatizando junto à Eduzz, Hotmart, Monetizze, PagSeguro e Paypal, seja qual for a sua opção de pagamento preferida.

O Leadlovers é uma mão na roda e facilita muito meu trabalho, e o valor que pago acaba saindo bem mais baixo do que quando eu utilizava o Aweber, que também é bem conhecido (mas é apenas auto responder, não tem a possibilidade de criar páginas, área de membros, etc), então caso você ainda não esteja usando nenhum auto responder ou esteja insatisfeito com o atual, é uma recomendação que deixo aqui para você que eu utilizo no meu dia a dia e tem dado muito certo.

Tem vários vídeos tutoriais ensinando a utilizar toda a plataforma, o que acaba facilitando bastante para iniciantes.

Lá, facilmente eu crio uma página de captura bem profissional e já marco para os emails cadastrados irem para um determinado funil que eu irei criar.

 

Bônus

É indispensável que ofereçamos algo em troca do e-mail da pessoa em nossa página de captura.

As pessoas não saem deixando seus e-mails em qualquer página que veem na internet, a não ser que seja para receber em troca algo verdadeiramente valioso para elas.

Portanto, a “isca” precisa ser algo realmente relevante ao nosso público, algo que estejam querendo de verdade e nós daremos de graça.

Bonus para captura

O mais comum é oferecer algum tipo de conteúdo, como uma aula, um e-book, um mini curso em videoaulas, um arquivo útil, enfim…

Pode ser qualquer coisa, desde que seja relevante, de qualidade e que tenha a ver com o tema do curso que será lançado.

Precisa ser algo que você poderia até vender, de tão bom…

Você pode se perguntar: mas se eu poderia vender, por que vou dar de graça???

Simples, você vai dar de graça agora e ajudar as pessoas de verdade, para possivelmente mais a frente você vender muito para quem acessou este conteúdo e se impressionou com a qualidade do que você pode oferecer!

Mesmo que muitos não se tornem compradores, você terá ajudado muitas pessoas sem cobrar nada em troca.

Ajudar por ajudar é sempre um gesto que faz bem a todos e só te trará coisas boas.

Uma opção bacana é oferecer algum conteúdo que seja como uma prévia do seu curso que será lançado, por exemplo um e-book falando sobre o assunto e ao final você deixa a pessoa instigada a continuar aprendendo sobre aquilo e, possivelmente, ela poderá ser uma compradora de seu produto quando lançar.

 

*Existe também uma outra possibilidade que é interessante você saber para tomar a melhor decisão.

Há uma linha de profissionais do marketing que são contra criar listas de e-mails a partir de conteúdos oferecidos gratuitamente, pois estes leads acabam sendo bem menos qualificados, de forma geral, já que a maioria está apenas em busca de conteúdo grátis.

Realmente, muitas pessoas que assinarão esta lista não pretendem comprar nada mesmo!

Não importa o que você fale, a pessoa simplesmente não quer ou não pode comprar nada.

Ok!

Mas uma boa porcentagem destas pessoas irão, sim, comprar, se você fizer seu trabalho direitinho.

A opção que estes profissionais que são contra essa estratégia utilizam é oferecer um conteúdo pago muito barato, por menos de R$ 50,00 (é o limite de valor na mente das pessoas para comprar sem pensar muito).

Pode ser R$ 1,00, que seja, mas a pessoa irá pagar para receber este conteúdo, que pode ser um e-book, um curso ou qualquer conteúdo de qualidade.

O fato da pessoa pagar este valor irrisório, já separa aqueles que não comprariam nada daqueles que estão dispostos a comprar algo de você.

Portanto, você terá uma lista extremamente qualificada.

Não deixa de ser uma boa estratégia, e que de fato pode te ajudar a criar uma lista ainda mais qualificada, não apenas com pessoas interessadas em seu conteúdo, mas também com pessoas que tem a intenção real de compra no futuro e já confiaram em você uma primeira vez com seu conteúdo pago, porém bem barato.

A desvantagem dessa estratégia é apenas uma, a meu ver.

É mais difícil conseguir criar rapidamente uma lista para lançamento, já que obviamente é mais fácil conquistar pessoas dando algo de graça a elas do que vendendo logo de cara.

São duas estratégias diferentes, que você deve analisar com carinho para definir qual será a melhor para o seu projeto.

No nosso caso, iremos seguir com a primeira, de oferecer um bônus gratuito, pelo fato de que queremos criar uma lista grande em um tempo relativamente curto (pretendemos lançar em 4 meses), além de querermos ter a oportunidade de criar um relacionamento e quem sabe até convencer aqueles que não comprariam, de que pode ser uma boa opção para eles no futuro.

Iremos focar bastante no conteúdo de qualidade deste bônus e faremos algo bem relacionado ao tema do curso que será lançado.

 

Criação do funil

Essa é uma das partes mais importantes e que você deve prestar muita atenção.

Se você não tem conhecimentos em Copywriting e deseja evoluir no marketing digital, eu recomendo fortemente que você aprenda para ONTEM.

copywriting

Acredito que este seja, junto com atração de tráfego qualificado, o conhecimento mais importante que um profissional da área precisa ter.

Não basta ter uma página de captura maravilhosa e atrair tráfego massivo para ela.

Uma vez que a pessoa entra em sua página, você precisa convencê-la a tomar a ação que você deseja.

Neste caso, queremos que ela deixe o e-mail se estiver interessada no tema do curso, mas poderíamos querer que ela comprasse algo, contratasse algum serviço ou até que enviasse um e-mail solicitando mais informações.

Tudo depende do seu objetivo na página.

Mas o caminho é sempre o mesmo: uma escrita persuasiva, utilizando gatilhos e pequenos “atalhos” para aumentar consideravelmente sua conversão.

Copywriting ainda é uma técnica de escrita pouco aproveitada no Brasil, pois apenas alguns profissionais vão realmente atrás para aprender e aplicar em seus negócios.

Os poucos que conhecem e aplicam sabem que este tipo de conhecimento, no marketing digital, é realmente um divisor de águas, pois um texto persuasivo em um texto vale muito mais do que uma página com um design bonito.

Um texto persuasivo, inclusive, pode te fazer vender produtos sem qualidade e sem relevância alguma.

É claro que você não vai querer fazer isso!

Divulgar produtos sem qualidade e sem real valor podem arranhar sua credibilidade, e você definitivamente não venderá mais nada para seu público depois que comprarem a primeira vez e perceberem que foram induzidos a comprar algo que de nada lhes serve.

Mas só para você entender a dimensão da importância que o Copywriting pode ter em seus negócios.

O ideal, claro, é ter a página bonita + o texto persuasivo!

Portanto, se você quer ter sucesso com o marketing digital e vender muito qualquer produto ou serviço, eu sugiro que você comece a correr para aprender sobre Copywriting hoje.

Você definitivamente estará à frente da enorme maioria de profissionais da área no Brasil e perceberá um retorno direto proveniente desta especialização.

Ok, voltando ao tópico principal deste item, você precisará criar um funil, que é composto por alguns e-mails que você vai precisar escrever e cadastrar em seu auto responder, que pode ser o Leadlovers ou algum outro de sua preferência.

configurar auto responder

A quantidade de e-mails que você deixará cadastrados no auto responder precisa ser bem avaliada por você.

Não existe um número certo.

O importante é que você envie aos leads conteúdo relevante e de qualidade, e assim consiga criar um relacionamento com estas pessoas, para que elas saibam que podem confiar em você e que você só tem coisas boas e conteúdo de qualidade a transmitir.

O Copywriting é fundamental na hora de escrever estes e-mails, pois existem certas técnicas e macetes na escrita do marketing digital que farão toda a diferença em seus resultados.

Um e-mail bem escrito, com gatilhos mentais persuasivos, com uma abordagem positiva e de acordo com o público do nicho será fundamental para você realizar vendas mais à frente.

Vários fatores na escrita destes e-mails podem ser decisivos em suas vendas.

O campo “assunto do e-mail” deve ser bem pensado em cada e-mail de sua sequência, pois ele será importante na taxa de abertura de seus envios.

Um assunto persuasivo que instigue o lead a abrir e conferir seu conteúdo é essencial sempre.

Seu auto responder pode ter 5 e-mails, 10, 20, 50, 100…

Quantos você achar necessários e quantos você conseguir escrever (ou pagar alguém para escrever para você).

Neste primeiro funil de pré-lançamento, nós queremos apenas passar conteúdo mesmo, sem vender nada, pois iremos construir um relacionamento com essa lista.

É interessante criar um e-mail falando um pouco sobre você e a sua história.

As pessoas amam histórias!

Mas não crie e-mails muito longos.

Se preciso, crie um e-mail curto com uma boa chamada à ação, e passe o conteúdo em um artigo em seu blog ou alguma página na internet.

Quando for cadastrar um e-mail no Leadlovers, você verá que tem a opção de marcar quando o lead irá receber, para que assim fique tudo automatizado.

Por exemplo, você pode marcar que deseja que o lead receba um e-mail imediatamente após o cadastro, receba o segundo e-mail 7 dias depois do primeiro, e assim por diante.

Assim, não importa quando o lead entrar em seu funil, ele sempre receberá os e-mails na ordem e período certos.

 

Divulgação

----------------------------------------------------

ASSINE O INICIATIVA VIRTUAL GRATUITAMENTE
Junte-se a mais de 8.000 pessoas interessadas em empreendedorismo digital (100% Anti Spam)

Name
Email *

----------------------------------------------------

Com a página de captura e o funil pronto e com o auto responder devidamente configurado, vamos à luta para capturar leads qualificados!

Todas as nossas estratégias de divulgação devem terminar no mesmo lugar: página de captura de leads.

Você já deve ter percebido que o funil terá um papel muito importante em nosso lançamento, e é isso mesmo.

Capturar leads antes do lançamento é fundamental, não apenas para atrair tráfego qualificado quando lançar de fato o produto, mas também para ir criando um relacionamento mais próximo com sua lista e, assim, mostrar que ela pode confiar em você, pois você tem autoridade para falar sobre o assunto.

Mas a parte da divulgação é tão importante quanto o auto responder, afinal, sem tráfego ninguém vai ver o trabalho lindo que você fez em sua página de captura, tampouco terão acesso aos e-mails ultra persuasivos que você criou para o funil depois de aprender sobre Copywriting e aplicar as estratégias incríveis em seus textos.

Você precisa gerar movimento em sua página de captura, atraindo pessoas qualificadas através de várias frentes.

Não basta somente jogar o link em sua fanpage e esperar que milhares e milhares de e-mails qualificados surjam em sua lista.

Não basta fazer um vídeo no Youtube com o link da página de captura na descrição e esperar uma infinidade de pessoas conhecendo seu trabalho e/ou sua empresa.

Não basta apenas uma boa estratégia de tráfego!

Se você realmente quer fazer um lançamento de sucesso, precisa diversificar na divulgação e atuar por vários meios, onde todos dão no mesmo lugar, que é sua página de captura.

No caso, em meu projeto de parceria pretendemos utilizar:

 

– Tráfego Gratuito

  • Divulgação na Fanpage através de publicações
  • Divulgação na Fanpage através de botão principal de chamada à ação
  • Vídeo no canal do Youtube e inclusão de link para página de captura em todos os vídeos antigos do canal
  • Artigo no blog otimizado para os buscadores
  • Link Building com o artigo otimizado (para auxiliar no SEO)
  • Divulgação do artigo no Google+ e demais redes sociais
  • Disparo de e-mail para lista atual
  • Criar conta e publicar imagens no Pinterest

– Tráfego Pago

  • Anúncios no Facebook

Os anúncios no Facebook são um assunto à parte.

como anunciar no facebook

Precisamos de outro post para falar sobre isso, já que é um tema um pouco mais complexo e delicado, afinal estaremos lidando com dinheiro e não podemos correr o risco de desperdiçar fazendo algo que não entendemos muito bem.

As pessoas leigas acham que vender pelo Facebook é simplesmente impulsionar uma publicação e investir, mas não é bem assim. Não MESMO!

Fazendo isso, muitas empresas e profissionais acabam perdendo dinheiro, pois não utilizam as melhores técnicas e os melhores recursos oferecidos pelo próprio Facebook para conseguir converter mais com o mesmo valor de investimento.

Eu confesso que até fazer o curso do Bettega eu perdi muito dinheiro no Facebook tentando anunciar.

Joguei dinheiro fora por falta de conhecimento, e não gostaria que isso acontecesse com você também.

O ideal é começar a anunciar no Facebook já entendendo a ferramenta que eles disponibilizam e sabendo exatamente o que fazer para converter muito mais vendas e não perder dinheiro com anúncios que jamais me trarão resultado.

E posso dizer, por experiência própria, que os anúncios do Facebook são incríveis para quem trabalha com marketing digital, quando se sabe exatamente o que está fazendo.

Para ser sincera, atualmente EU não conheço uma fonte paga de tráfego qualificado que valha mais a pena, pois conseguimos atingir milhares de pessoas, que se enquadrem dentro do seu público-alvo, com um investimento relativamente baixo.

Caso você queira obter um conhecimento valioso sobre Facebook Ads, que mostra o passo a passo para vender produtos digitais através dos anúncios do Facebook de forma certeira, mais barata e que converta em vendas, eu recomendo fortemente que conheça o curso do Carlo Bettega, especialista no assunto.

Outras opções de anúncios pagos é o conhecido Google Adwords, e também o Bing Ads que costuma ter um custo mais baixo para a divulgação e pode ser bem eficiente.

Mas por opção minha não pretendo utilizar estas outras duas plataformas, a princípio.

Pronto! A primeira etapa do nosso lançamento estará em ação a partir destes procedimentos…

Se estiver tudo configurado corretamente, você terá tudo isso automatizado para você.

Agora é focar na divulgação, para levar a maior quantidade possível de pessoas qualificadas (interessadas no assunto do curso que iremos lançar) à nossa página de captura e, de fato, convertê-las em leads, para quando chegar no dia do lançamento estas pessoas estarem ávidas para conhecer o curso e fazer parte disso.

O lançamento do produto digital

Após algum tempo capturando leads e divulgando o lançamento do curso nas redes sociais e através dos e-mails do funil, nós já teremos o principal: um público qualificado que SABE do nosso lançamento e que quer saber mais sobre este curso.

É muito importante que as pessoas saibam que você está lançando um produto, caso contrário seu lançamento não terá muito efeito.

Com a estratégia de pré-lançamento que criei, tenho certeza de que muitas pessoas saberão e estarão interessadas.

Agora chegou o grande momento, quando iremos lançar o curso!

Já editamos, gravamos e produzimos todo o conteúdo.

Inserimos os vídeos na área de membros do Leadlovers, cadastramos o produto em uma plataforma de afiliados (eu utilizo a Eduzz, onde fiz o cadastro gratuitamente, já tenho produtos lá e, além da taxa de venda ser mais baixa, o suporte é excelente e tem recursos interessantes oferecidos de graça, como o sistema de recuperação de vendas com boleto que nos gera vendas adicionais frequentemente), e configuramos rapidinho o Leadlovers com a Eduzz para que, assim que alguém fizer o pagamento do curso, automaticamente a informação é enviada da Eduzz ao Leadlovers e a pessoa receberá por e-mail os dados para acessar o curso imediatamente.

 

Criação das páginas

Criaremos a página de venda do curso também pelo Leadlovers.

Existem infinitas formas e possibilidades que podem dar certo em uma página de venda, por isso caso você ainda não tenha muita experiência sugiro que acesse a Eduzz ou alguma outra plataforma de produtos digitais e visualize páginas de venda de produtos digitais diversos, que estejam vendendo bastante, assim você pode tirar ideias para a sua própria página e ir se inspirando em páginas que comprovadamente estão convertendo (sem copiar hein?).

Você pode optar por incluir um vídeo falando sobre seu produto, depoimentos de pessoas que fizeram o curso, um pequeno trecho falando sobre o autor, aviso de garantia de reembolso, entre outros itens que podem ajudar nas conversões de sua página.

É importante que a chamada à ação (botão de compra) seja bem persuasiva e incisiva.

Você precisa estudar outras páginas de sucesso para ver o que está funcionando no momento, caso você não tenha muita experiência e conhecimento ainda.

Mas lembre-se, nem sempre o que funciona para um produto irá funcionar para outro.

O importante é sempre ir testando e fazendo melhorias em sua página de venda para garantir que irá converter o maior número de prospects possível.

Na página de venda inserimos o link para o carrinho de compras de nosso produto na Eduzz, e após testar tudo e ver que está funcionando todo o processo de compra e liberação de conteúdo automático, podemos ir para o próximo passo.

 

Criação do funil de vendas

Iremos utilizar uma das estratégias de maior eficiência comprovada atualmente, que é a criação de um funil de vendas.

O que é isso?

Um funil de vendas fará parte da sua máquina de vendas, e é extremamente importante que você saiba criar um funil altamente persuasivo e engajador.

O motivo é simples: ele será a BASE de nossas vendas do produto no futuro.

Após o lançamento, quem manterá as vendas ativas, junto com a divulgação, serão os e-mails que enviaremos a quem se cadastrar na lista, assim como o bônus que daremos em troca do cadastro.

A ideia é que você crie uma outra sequência de e-mails, bem diferente daquela que criou para o pré-lançamento.

Agora a coisa ficou séria e o objetivo principal é VENDER e realmente ajudar o maior número de pessoas possível com o nosso produto.

Para isso, precisaremos engajar o público e ganhar ainda mais credibilidade.

Eu sugiro que você vá atrás de conteúdo sobre esse assunto, pois um funil de vendas criado da forma correta pode definir se seu lançamento será um sucesso ou um fracasso.

Tem muita informação gratuita na internet que você pode buscar por “funil de vendas” e saber mais sobre o assunto, mas eu confesso que costumo ficar um pouco confusa com tanta informação espalhada por aí, ainda mais em se tratando de algo que eu realmente preciso aprender, e é um conteúdo bem específico, onde necessita aplicar um passo a passo para dar certo.

Desta forma, existe a opção de você fazer cursos de especialização online, e se quiser uma boa recomendação, o curso A Máquina de Vendas 2.0. do Tiago Bastos, que é especialista em criação de funis de vendas, é uma excelente opção.

Não é a toa que foi o curso que eu fiz quando estava começando para aprender tudo sobre o assunto e assim conseguir obter maior sucesso de vendas em minhas estratégias de lançamento. O conteúdo é todo em videoaulas com um passo a passo simples de entender.

É só assistir as aulas e ir aplicando.

Ao menos você terá um conteúdo bem mastigado, em um só lugar, passado por um profissional que realmente entende do assunto.

A estrutura será mais ou menos assim:

  1. Divulgaremos a página de captura do funil em diversos meios (redes sociais, anúncios no Facebook, site, sites parceiros…)
  2. A pessoa irá se cadastrar para receber uma série de 3 vídeos com algum conteúdo relacionado ao curso. Estes vídeos serão enviados para o lead quando se cadastra no funil 1 vez por dia, ou seja, receberá a primeira aula por e-mail logo que se cadastra, a segunda aula no dia seguinte a terceira aula no terceiro dia. Ainda enviaremos um quarto vídeo para ela no quarto dia, que será para introduzir ao nosso curso e criar interesse no mesmo. Na página do quarto vídeo, haverá um botão de chamada à ação que redireciona para a página de venda do curso. Neste momento, você já terá oferecido um conteúdo gratuito de qualidade e apenas quem se interessa no curso terá assistido, já que o conteúdo grátis tem totalmente a ver com o curso. Portanto, é aí que você deve focar para realmente vender algo ao seu público.
  3. Depois de entregar todos os bônus por e-mail no funil (4 primeiros e-mails enviados), é hora de focar em manter um relacionamento com a lista enviando conteúdo de qualidade, dicas, informações, e vez ou outra falando dos benefícios do curso. É importante não mandar apenas e-mails tentando vender algo, pois as pessoas percebem e não costumam gostar disso. Elas querem aprender coisas novas e encontrar soluções.
  4. Com os e-mails automatizados e o funil de vendas funcionando de forma que agregue valor à nossa lista e seja persuasivo no sentido de direcionar o público ao destino final, que é o curso em si, sua máquina de vendas estará pronta. Você automatiza desde o processo de divulgação, até os e-mails do funil, a compra do curso e o acesso ao curso por parte do aluno. Tudo automático gerando vendas para você.

É claro que uma máquina de vendas bem criada faz 90% do trabalho. Porém, é importante que você, dono do negócio, esteja sempre se dedicando a melhorar suas conversões, fazer testes, criar novos anúncios, visando crescer e se aperfeiçoar. Tudo isso refletirá diretamente nas vendas do seu produto.

A única parte que não dá mesmo para você automatizar é o suporte, que é extremamente importante no pré e pós venda do produto.

Você precisa responder aos e-mails com dúvidas sempre que possível, mensagens nas redes sociais e através dos outros canais de suporte que você oferecer. É claro que, se você tiver condições, sempre pode encontrar alguém para te auxiliar nesta parte, seja terceirizando, contratando um funcionário ou contando com a ajuda de alguma outra pessoa.

 

Semanas antes do lançamento…

Algumas semanas antes de lançar, quando a produção do curso estiver a todo vapor (ou pronta!) e você houver definido uma data para abrir ao público, é preciso começar a avisar as pessoas sobre isso, para gerar uma “provocação” e deixá-los bem interessados no que está por vir.

Quanto mais as pessoas esperarem pelo seu lançamento, melhor será para você.

Portanto, iremos criar alguns e-mails de broadcast (quando enviamos e-mails esporádicos e pontuais à lista, fora do auto responder), sem fazer spam enviando emails toda hora, provavelmente 1 e-mail por semana, fazendo teasers sobre o curso e sobre como este conteúdo irá transformar a vida das pessoas.

E-mails curtos e diretos, apenas para atiçar as pessoas e deixá-las com uma boa expectativa quanto ao produto.

Também usaremos as redes sociais com publicações semanais nesse sentido.

Neste momento, é importante não focar na COMPRA do curso, se puder fazer suspense e ir soltando novidades aos poucos sobre do que se trata pode ser uma boa alternativa.

Devemos focar nos benefícios que esta grande novidade irá trazer ao público, pois é isso que eles estão buscando.

Ninguém quer comprar produtos, todos querem encontrar soluções.

 

O grande dia

No dia do lançamento, o ideal é que se crie um evento direcionado ao seu público-alvo, que pode ser online ou presencial.

É claro que organizar e investir em um evento presencial não é para qualquer um, fora que um evento presencial acaba não atingindo uma quantidade de pessoas maior pois fica limitado à localização (e nós sabemos que na internet não existem limites geográficos!), por isso a maioria dos produtores de info produtos fazem seu evento através de uma transmissão ao vivo na internet, geralmente utilizando a ferramenta de transmissão ao vivo gratuita do Youtube (que você pode incorporar a transmissão em qualquer página sua na internet).

Como geralmente os produtos digitais não dependem da localização da pessoa (salvo as exceções), tudo o que for feito online obviamente atingirá mais pessoas, se for aplicada uma boa estratégia de divulgação.

Criar um evento online, ou webinário como se diz popularmente, costuma ser uma estratégia extremamente eficiente, já que após todo o nosso trabalho no pré-lançamento o público estará ávido para saber sobre o curso e absorver conteúdo no tema.

Nós iremos usar exatamente esta estratégia em nosso lançamento, onde faremos uma palestra ao vivo em uma página personalizada, que terá um botão com chamada à ação logo abaixo do vídeo da transmissão, onde as pessoas conforme vão assistindo a palestra, podem ir se interessando e adquirindo o acesso ao curso.

Se você precisar economizar nas ferramentas, pode incorporar o vídeo da transmissão do Youtube em uma página no Leadlovers ou em seu site sem pagar nada a mais por isso.

Porém, caso você realmente queira investir nessa parte de webinários (são excelentes para vendas), sugiro que você dê uma conferida na ferramenta WebinarJam, que possibilita fazer os melhores eventos online com as ferramentas que mais ajudam a converter em webinários.

Essa é uma das ferramentas mais conhecidas e renomadas para criar eventos online e converter em muitas vendas cada evento realizado.

Enfim, este será basicamente o nosso lançamento, o momento em que o público terá contato, pela primeira vez, com a opção de compra deste curso.

Portanto, é um momento único que pode te gerar muito dinheiro se aplicar da forma correta.

 

A forma como iremos fazer é a seguinte: 3 dias antes do dia oficial de lançamento, começaremos a divulgar nas redes sociais e em nossa lista de e-mails a página de captura do nosso funil de vendas criado nos passos anteriores, para que as pessoas comecem a entrar no funil.

Conforme o cronograma estipulado, no quarto dia, quando elas deverão receber o quarto vídeo do funil, será o dia do nosso webinário.

Portanto, após ter assistido aos vídeos oferecidos gratuitamente e reconhecer a qualidade do conteúdo, estarão ávidas para assistir ao evento online onde falaremos sobre os benefícios do curso.

Após o dia do webinário é só manter a divulgação desta página de captura para dar continuidade ao acesso do público ao funil de vendas criado.

É claro que, se você tiver um bom produto com boas estratégias de vendas, você continuará vendendo seu produto ao longo de 1, 2, 3 ou até 5 anos…

Você também poderá relançar este curso ao longo do tempo, atualizando com novos conteúdos e fazendo novos lançamentos como este primeiro.

Mas é preciso ter em mente que o momento do lançamento é, possivelmente, quando você fará mais vendas em um único dia, pois quem comprar serão aquelas pessoas que já estavam acompanhando os conteúdos, as chamadas para o curso, e estão ansiosas pela solução que este novo produto irá proporcionar a elas.

Depois disso, os próximos compradores serão pessoas que estavam em dúvida, ou sem dinheiro, sem tempo ou que simplesmente ainda não conheciam o curso e passarão a conhecer através de nossa divulgação contínua nas redes sociais e pelos anúncios do Facebook.

Portanto, considere o dia do seu lançamento algo muito importante, que poderá te gerar bons frutos se você fizer seu trabalho corretamente.

Ainda não pensamos no tema de nosso webinário, para ser sincera ainda nem definimos o tema do curso pois não realizamos a pesquisa, acabamos de iniciar a parceria e isso será feito em muito breve.

Mas com certeza será algum tema estritamente relacionado ao curso, para que seja possível passar um conteúdo de qualidade e deixar as pessoas com vontade de saber mais.

Um webinário não tem tempo mínimo nem máximo, mas geralmente dura umas 2 horas. Muito mais do que isso eu acho que começa a ficar cansativo e as pessoas dispersam.

O importante é que, ao final da apresentação do conteúdo, o palestrante fale sobre como seu produto irá transformar a vida das pessoas de verdade, e dedique um tempo grande a responder às dúvidas de todas as pessoas que comentarem durante a transmissão.

É essencial interagir com o público, ser simpático e gerar uma identificação com a pessoa que está do outro lado assistindo.

Essa aproximação dará confiança para que as pessoas comprem algo de você e saibam que não serão abandonadas depois que passarem o cartão, que você estará com elas e estará a disposição para ajudá-las a resolver suas questões.

Este relacionamento é muito importante e os eventos online permitem esse contato bem direto com o público, por isso é tão recomendado que você faça um em seu lançamento.

 

Pós lançamento

Com seu lançamento feito, seu funil funcionando e a página de captura sendo divulgada através de diversos meios, seu produto começará a lhe gerar vendas no automático.

O importante agora é continuar analisando as conversões, fazer testes com a página de venda e com os e-mails do funil, e é claro, oferecer o melhor suporte que você é capaz de oferecer. No Leadlovers você pode fazer tudo isso dentro do seu painel.

O suporte é fundamental pois garantirá que seus clientes fiquem 100% satisfeitos com o produto, e com isso indiquem para outras pessoas sempre que possível, além de se tornarem potenciais compradores para outros produtos que você venha a oferecer.

 

Divulgação após o lançamento

Para divulgar nossa página de captura do funil de vendas, usaremos basicamente as mesmas estratégias iniciais que usamos no pré-lançamento, com a adição de duas que utilizaremos apenas no pós-lançamento.

Redes sociais (Facebook, Youtube, Pinterest…)

Anúncios no Facebook

Guest Posts (artigos sobre o tema do curso criados por nós para sites do nicho parceiros publicarem e divulgarem em seus meios de comunicação, ajudando na divulgação para seus públicos) – Obs: poderemos oferecer a opção de afiliação ao curso para convencer sites e blogs do nicho a divulgarem nosso conteúdo, assim ambas as partes saem ganhando.

Afiliados: nosso curso estará disponível na plataforma Eduzz, que já oferece todos os mecanismos para que você autorize afiliados a divulgar o produto na internet e receber uma comissão por isso. A comissão que iremos utilizar provavelmente será de 40% para o afiliado. O sistema da Eduzz já faz tudo automático, separando as comissões de afiliados dos ganhos do produtor.

 

Compartilhei neste artigo exatamente TUDO o que me veio à mente sobre a estratégia de marketing e divulgação que estou criando para minha nova parceria no marketing digital.

Porém, se deixei algo de lado ou falei algo que você não concorda, deixe um comentário abaixo e vamos conversar.

Não tenho a menor dúvida de que é possível fazer melhor, sempre é.

Por isso, uma troca de ideias será de grande valor para mim, e espero que este conteúdo tenha sido útil de verdade para você.

Publicitária por formação, empreendedora digital por vocação e atuação. Aqui você encontrará relatos do meu cotidiano em uma das profissões mais recentes e inacreditáveis do mundo.

Deixe uma resposta

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.